No primeiro semestre de 2021 foram constadas 747 ocorrências com escorpião em Tupã

CCZ divulga números das ações realizadas no primeiro semestre do ano. Serviços estão disponíveis para toda a população de Tupã

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Centro de Controle de Zoonoses de Tupã (CCZ), divulgou nesta semana o balanço geral dos serviços prestados neste primeiro semestre ao município.
Segundo o responsável pelo CCZ de Tupã, Robison Luiz, o primeiro semestre de 2021 foi fechado com várias atividades preventivas realizadas pelas equipes do Centro, que se dividiram para realizá-las em diversos espaços do município.

“Mantemos os serviços de castração animais semanalmente, onde a população pode se matricular para castrar cães e gatos gratuitamente. Somente nesse primeiro semestre castramos 72 cães e 107 gatos machos. Lembrando que a castração de cadela e gatas, que é realizada por clínicas particulares, ainda não foi aberta e por isso ainda não há registros”, explicou.

Robison também ressaltou os serviços de busca e captura de escorpiões. “Este serviço realizamos em dois períodos, onde as equipes se mobilizam na parte diurna para orientar os moradores das regiões da cidade sobre os perigos que a presença de escorpiões pode trazer e vistoriar previamente locais onde já foram registrados acidentes”.

O responsável pelo Centro ainda continuou explicando que além das visitas que acontecem durante o dia, para reforçar os serviços as equipes retornam nas residências visitadas no período noturno.

“O escorpião tem hábitos noturnos e neste horário costuma sair para se alimentar. Isso acaba facilitando o trabalho das equipes, pois a substância presente na pele do animal reflete em um tom esverdeado fluorescente ao ser exposta à luz negra das lanternas usadas durante a procura”, explicou.

Segundo o balanço dos serviços de captura de escorpiões, no primeiro semestre de 2021 foram constadas 747 ocorrências, onde houve acidente com picadas do animal ou apenas solicitação para a vistoria das residências e outros espaços. Além disso, o setor enviou 258 amostras para o Instituto Butantan para produção de soro antiescopiônico.

A enfermeira e diretoria do Departamento de Vigilância em Saúde, Joselaine Pio Rocha, ressaltou que o Centro também iniciou recentemente o Censitário Canino, programa que visa evitar a propagação da leishmaniose no município.

“Mesmo que a iniciativa do programa seja recente, muitos animais já foram examinados pelas equipes do CCZ, que percorrem diariamente os bairros da cidade. Vale lembrar que este é mais um serviço em prol da população e para proteger os animais”, contou.

Sobre a disponibilidade dos serviços prestados pelo CCZ, o secretário municipal de Saúde, Dr. Miguel Ângelo de Marchi, ressaltou que todos podem procurar a sala do CCZ, localizado dentro do prédio da Secretaria de Saúde (rua Paiaquas – 370).

“Solicitações de visitas em residências com animais ou pessoas com sinais e sintomas de leishmaniose ou acidentes com picadas de escorpiões podem ser feitas pelo telefone da Secretaria (14-3404-2200). Já o cadastro para a cirurgia de castração de animais é preciso que o tutor do animal vá até a Secretaria, pois a apresentação do RG e do comprovante de residência é necessário”, informou.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.