Junho violeta: Creas destaca ações de conscientização sobre a violência contra idosos

A Prefeitura de Tupã apoia ações voltadas ao bem-estar da população idosa do município, por isso, a Secretaria de Assistência Social aderindo à Campanha Junho Violeta, alerta e incentiva a população a agir contra situações de abuso e violência que coloquem os idosos em risco.

De acordo com a coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Jaqueline Vieira, as pessoas precisam se conscientizar sobre a importância de denunciar casos de maus tratos contra pessoas mais velhas.

“Esse período de pandemia deixou a população vulnerável ainda mais propensa a sofrer calada, e sem conseguir apoio. No entanto, o município conta com uma rede socioassistencial de atendimento, visando a qualidade de vida e a proteção da pessoa idosa”.

O Creas é responsável pelo atendimento de casos para Proteção Especial de Média Complexidade, ou seja, auxiliando vítimas da violação de direitos, como abandono, agressão e negligência. Segundo a coordenadora da unidade de Tupã, o Creas compõe um Sistema de Garantia de Direitos e realiza a articulação intersetorial para proteção e superação da situação de risco.

Dentro dessa rede há oferta de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para idosos nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras Sul e Leste), que em razão das normas para enfrentamento do coronavírus tem realizado atividades de forma remota.

Imagem: reprodução internet

“Atualmente o município possui os Serviços de República para idosos, Vila Dignidade e Conjunto Habitacional da Melhor Idade que atende 40 idosos em situação de vulnerabilidade social e vínculos familiares fragilidades ou rompidos. Na Proteção Social Especial de Alta Complexidade possuímos as Instituições de Longa permanência para idosos Casa dos Velhos e o Acolhimento Provisório”, exemplificou a secretária de Assistência Social, Patrícia Fernandes.

Essa estrutura socioassistencial visa assegurar os direitos fundamentais dessa parcela da população. Segundo prevê a lei 10.741/2003, do Estatuto do Idoso, impor condições degradantes ou de privação de cuidados fundamentais que coloquem em risco a vida ou a saúde é crime.

“Queremos mobilizar a sociedade para denunciar qualquer violência contra os mais velhos. O Dique Direitos Humanos (100) aceita denúncias de todo o país, e em Tupã é possível ligar para a Delegacia de Defesa da Mulher (3491-6505). Assim como para o Creas (3491-5370), que está à disposição para prestar atendimento e esclarecer dúvidas”, concluiu a secretária.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.