Prefeitura realiza nova captura noturna de escorpiões no prédio do antigo IPT

População deve procurar o hospital Santa Casa em caso de acidentes

O Departamento de Vigilância em Saúde, por meio do Controle de Zoonoses de Tupã, realizou na última semana uma nova ação de captura noturna de escorpiões. Desta vez os profissionais concentraram os serviços no prédio do antigo IPT, que atualmente está desativado.

Segundo informações das equipes da Secretaria Municipal de Saúde, a ação foi feita na parte noturna pois a captura se torna mais eficaz com o auxílio de luz negra das lanternas utilizadas pelos agentes de zoonoses.

“O escorpião tem hábitos noturnos e neste horário costuma sair para se alimentar. Também facilita o trabalho dos agentes a substância presente na pele dele, que reflete em um tom esverdeado fluorescente ao ser exposta à luz negra, ajudando na identificação da localização do animal e de possíveis abrigos”, explicou o chefe do setor do Controle de Zoonoses, Robison Luis.

Ele também acrescentou que a busca pelos animais foi devido à demanda dos moradores da região, que se preocuparam com a possível presença dos aracnídeos nos arredores do prédio.

“Durante a busca ativa, podemos verificar sim a presença de alguns desses animais. No entanto, é ainda mais importante alertarmos a população que durante todos os nosso trabalhos, encontramos muito mais escorpiões nas residências, e por isso os cuidados e preocupações para evitar que estes animais apareçam precisa começar dentro de casa”, explicou.

A população deve evitar tornar os quintais das residências ambientes acolhedores para esses animais, que facilmente se alojam em entulhos e folhagens por conta do calor e humidade.

A diretora de departamento de Vigilância em Saúde, Joselaine Pio Rocha, ainda ressaltou que quando ocorrerem acidentes, a vítima deve procurar imediatamente a Santa Casa de Tupã, que é referência regional no atendimento de acidentes com picada de escorpiões.

“Verificamos que em muitos acidentes com picada de escorpiões a vítima procura primeiramente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tupã. Mas precisamos alertar que a vítima deve ser encaminhada exclusivamente para o Hospital Santa Casa, pois as picadas por escorpião-amarelo requerem soroterapia específica”, afirmou.

O secretário municipal de Saúde, dr. Miguel Ângelo de Marchi ainda ressaltou que as equipes de Zoonoses realizam panfletagem nas residências vizinhas para que os moradores sejam conscientizados e conheçam as medidas que devem ser tomadas para evitar este animais.

“Vale destacar que a busca e captura destes animais é um complemento de todo o trabalho diurno realizado pelas equipes, que visitam casa a casa orientando a população. Também quero ressaltar o pedido para que ao encontrarem estes animais nas residências, entrem em contato com a Zoonoses, pois a captura deve ser feita com equipamentos adequados, como luvas de raspa, botas de cano longo e pinças”, alertou.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.