Covid-19: Brasil registra 1.288 novas mortes em 24 horas. Na lista de estados com mais óbitos, São Paulo ocupa a primeira posição

Em Tupã 68 pessoas morreram em decorrência do coronavírus

O número de mortes no Brasil por Covid-19 subiu para 237.489 mil. Em 24 horas, foram registradas 1.288 mil vítimas. Na lista de estados com mais mortes, São Paulo ocupa a primeira posição, com 55.971 óbitos, seguido, por Rio de Janeiro com 31.283, e Minas Gerais com 16.595.

O total de pessoas infectadas pelo coronavírus desde o início da pandemia chegou a 9.765.455. Entre ontem e hoje, foram confirmados pelas autoridades de saúde 51.546 diagnósticos positivos. Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite desta sexta-feira (12). O balanço é produzido a partir das informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Em número de casos, São Paulo também lidera, com 1,9 milhão, seguido por Minas Gerais, com 798.711 e Bahia, com 623.678.

Tupã

A prefeitura já realizou um total de 13.618 exames, com 11.159 resultados negativos. Já o número de casos confirmados chega a 2.411 sendo 119 ainda em período de transmissão e 68 óbitos. Tupã conta ainda com 48 casos suspeitos que estão aguardando resultado. Até o momento, 2.224 pacientes já se recuperaram da doença em Tupã.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI da Santa Casa local está em 80%, sendo 10 pacientes de Tupã (67% do total). Outros 2 pacientes são da região (13%), incluindo 1 de Arco-Íris e 1 de Bastos. Já a taxa de ocupação dos 20 leitos clínicos (enfermaria) destinados aos pacientes de coronavírus está em 70%, com 14 pacientes de Tupã.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.