Casa da Criança e profissionais de Home Care serão os próximos vacinados em Tupã

Na próxima semana, começam as imunizações com a vacina Oxford/AstraZeneca

A Prefeitura de Tupã, por meio da Secretaria de Saúde, já aplicou 94% do primeiro lote de doses de CoronaVac. Na manhã desta quinta-feira (28), os profissionais do Departamento de Endemias, do Controle de Zoonoses, da Vigilância Sanitária, do Ambulatório de Moléstias Infecciosas, e que atuam na sede da Secretaria da Saúde e que atendimento direto ao público foram imunizados.

De acordo com a chefe de Setor de Vigilância em Saúde, Joselaine Pio Rocha, do primeiro dia de imunizações (20/01), até agora 1.400 pessoas receberam uma dose da vacina produzida no Brasil pelo Instituto Butantan.

“Restaram 80 do primeiro lote que veio para o município. Essas vacinas serão direcionadas aos funcionários de laboratórios particulares, clínicas de raio-x e diagnóstico, farmácias e drogarias que realizam teste para diagnóstico da covid-19”, informou Joselaine.

A segunda dose da CoronaVac deve ser aplicada dentro de 21 dias. O secretário de Saúde, dr. Miguel Ângelo de Marqui, explicou que apenas com a segunda aplicação o organismo começa a produzir anticorpos. “A pessoa vacinada não está imune imediatamente. É preciso ter em mente que os cuidados precisam continuar por muitos meses”.

O plano de Imunização de Tupã prevê iniciar na próxima segunda-feira (1º/02) a aplicação da vacina Oxford/AstraZeneca. 1.130 doses do novo imunizante foram enviadas pelo governo federal nesta semana. A princípio, elas serão destinadas aos profissionais da Casa da Criança e de Home Care.

Para prosseguir com a campanha de vacinação contra a covid-19, o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus avaliará quais serão os próximos públicos-alvo.

Na quarta-feira (27), as equipes de Vigilância Epidemiológica realizaram mutirão de vacinação na Casa dos Velhos e no Laboratório Municipal, este posto também contemplou os funcionários do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), Centro Odontológico Municipal (COM), Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), Ambulatório Municipal de Especialidades Médicas (AMEM), CadSus, Setor de Compras, Farmácia Municipal, e Transporte Municipal.

A vacina Oxford/AstraZeneca também é dividida em duas doses. Na avaliação do médico e secretário de Saúde do município, o objetivo é reduzir o número de casos graves. “A vacina tem que vir para reduzir as internações de UTI. Mesmo vacinadas, as pessoas não podem se expor ao risco do coronavírus. Os protocolos sanitizantes devem ser mantidos até que, pelo menos, 70% da população esteja protegida”.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.