Estudante de engenharia é morto a marretadas pelo irmão

Um estudante de engenharia florestal de 24 anos foi morto a marretadas pelo próprio irmão, de 26 anos, no Espírito Santo, apontou a polícia. O corpo de Marcos Gabriel Braz Lima foi encontrado ontem à tarde em um canavial, em Linhares, no Norte do estado. A vítima estava desaparecida desde o dia 29 de dezembro.

Os policiais procuravam o estudante que teria sumido de casa depois que encontrou a mãe, Maria do Carmo Braz, morta dentro da residência da família. O irmão, Marcos André Braz de Lima, confessou que assassinou o estudante. O pai dos jovens, desesperado com o sumiço de Marcos Gabriel, fez um boletim de ocorrência.

O UOL teve acesso ao documento. Marcos Antônio de Lima afirmou que o filho teria saído de casa “aproximadamente às 22h, em posse de seu telefone celular sem ter dado notícias até o presente momento, deixando roupas e documentos em casa”, consta no boletim.

Na última segunda-feira (4), o pai voltou à delegacia e informou que um amigo da família ligou e disse ter encontrado alguns pertences da vítima — um lençol e duas fronhas sujas de sangue — na estrada que vai para a cidade de Rio Bananal. O próprio pai acreditava, então, que o autor do crime poderia ser o filho mais velho.

Os investigadores da Polícia Civil começaram um inquérito e ontem à tarde foram atrás do suspeito. O ajudante de pedreiro negou inicialmente que tivesse feito algo com o irmão. Os policiais não acreditam e fizeram uma revista no carro do suspeito, encontrando no porta-malas marcas de sangue.

“A todo o momento o suspeito tentava esconder o carro dos policiais. Ele estava a mais de 1 km de distância dele. A gente acreditava que, se ele tivesse feito algo, teria levado o corpo no carro. Quando nós encontramos, não restou dúvidas do envolvimento dele”, disse o delegado Fabrício Lucindo, ao UOL.

O ajudante de pedreiro foi detido e conduzido à delegacia do município. Durante o trajeto, ele acabou confessando aos policiais que tinha brigado com o irmão e o acertado com vários golpes de marreta. O corpo de Marcos Gabriel foi encontrado na região do Canavial da Lasa.

“Ele confessou que matou o irmão na noite que a mãe morreu. Disse que brigaram e ele pegou uma marreta e golpeou a vítima. Narrou totalmente frio e não transpareceu arrependimento pelo crime. O corpo da vítima foi encontrado já em avançado estado de decomposição”, acrescentou Lucindo.

O delegado responsável pelo caso autuou o ajudante de pedreiro por ocultação de cadáver e pediu um mandado de prisão preventiva por homicídio. Marcos André foi encaminhado ao presídio ontem à noite.

Abalado com a tragédia, o pai se limitou a dizer que “essa é uma situação muito difícil. A gente está muito triste com essa situação. É uma dor muito grande”.

Fonte: UOL.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.