Prefeitura alerta sobre altos índices de infestação da dengue

Com 3 casos confirmados da doença, distrito de Parnaso apresenta índice de 4,94

A Prefeitura de Tupã reforça o alerta à população sobre os altos índices de infestação do mosquito Aedes Aegypti detectados recentemente pelo Departamento de Entomologia e Endemias. Além dos indicadores constatados na cidade de Tupã, o distrito de Parnaso tem indicador de infestação de 4,94, número considerado elevado.

A detecção dos índices foi possível após intensos trabalhos de controles de criadouros em todo o distrito, realizado por meio das equipes do Departamento, que também são executados constantemente em todos os distritos e na cidade.

Segundo o Diretor do Departamento de Entomologia e Endemias, Marco Antônio de Barros, visitas aconteceram com maior frequência após a confirmação de 3 casos da doença no distrito, entre os dias 11 e 16 de dezembro.

“Reforçamos os trabalhos de visitas e fiscalizações diárias em Parnaso. As equipes encontraram 26 criadouros de larvas, e o principal foco são bebedouros de animais domésticos”, disse.

Ainda de acordo com o Diretor do Departamento, foram visitados 263 imóveis, e em 13 foram encontrados 42 focos de Aedes. Após os trabalhos para controle e eliminação de criadouros também foi realizado o trabalho de nebulização em 276 imóveis.

Vale destacar que o descuido nas residências, durante os períodos chuvosos no verão, pode resultar em índices ainda maiores. Para que os trabalhos do Departamento sejam eficazes e os casos de dengue continuem controlados na cidade e distritos, pede-se atenção por parte dos moradores.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.