Diga não ao racismo

Olá queridos leitores do Tupãense Notícias! Tudo bem com vocês?

Sejam bem-vindos a coluna Algo A+!

Hoje vamos falar sobre um assunto que está rodando o mundo e que com toda certeza é muito importante.

O RACISMO

Muita gente diz que não é racista e infelizmente no seu dia a dia acaba usando, às vezes sem saber, palavras e expressões racistas em seu vocabulário; esse é apenas um exemplo de como o racismo continua presente nas nossas vidas.

Uma forma de combater o racismo é não usar mais essas palavras no seu vocabulário:

1- Denegrir (essa palavra é bastante usada quando a pessoa está sendo difamada, seu siguinificado real é “tornar negro”; se tornar algo negro é maldoso temos um caso de racismo)
2- Serviço de preto (essa palavra é racista pois é recorrentemente usada para descrever um trabalho como ruim ou malfeito)
3- A coisa tá preta (essa expressão diz que se a coisa está preta, não está agradável)
4- Da cor do pecado (essa expressão é usada como elogio, para descrever a beleza da pele negra, mas como o pecado é algo totalmente negativo, acaba sendo mais uma ofensa)
5- Mulata (muitas pessoas acham que chamar a pessoa de negra é ofença, e então a chamam de mulata que vem da palavra mula, um filhote do cruzamento de cavalo com jumenta, as mulatas eram negras usadas para o cruzamentos inter-raciais não consentidos, daí seu filhos que são os mulatos uma expressão ofenciva)
6- Cabelo Bombril, cabelo duro, cabelo de piche (essas também são comuns e não precisa nem ser dito que são ofencivas)
7- Não sou tuas negas (a mulher negra como “qualquer uma” ou “de todo mundo” indica a forma como a sociedade a percebe: alguém com quem se pode fazer tudo, escravas negras eram literalmente propriedade dos homens brancos e utilizadas para satisfazer desejos sexuais, em um tempo no qual assédios e estupros eram ainda mais recorrentes, portanto, além de profundamente racista, o termo é carregado de machismo)
8- Meia tigela (os negros que trabalhavam à força nas minas de ouro nem sempre conseguiam alcançar suas “metas”, quando isso acontecia, recebiam como punição apenas metade da tigela de comida e ganhavam o apelido de “meia tigela”, que hoje significa algo sem valor e medíocre)

Infelizmente o racismo ainda é muito presente no mundo, e acreditem, pequenas atitudes como essas expressões, contribuem para que o racismo continue presente no nosso dia a dia.

Muita gente pensa também que o racismo é preconceito somente com pessoas de pele negra, é importante lembrar que existe o racismo quando é tido preconceito com qualquer tipo de raça.

Outro tipo de racismo é o preconceito com indígenas.

A melhor forma de você ajudar a acabar com esse preconceito ridículo é:

  1. Procure informações – procure saber mais sobre o racismo para ter certeza de que você não comete em seu dia a dia nenhuma atitude que possa ser considerada racista e que pode estar prejudicando alguem.
  2. Não seja indiferente ao racismo – não tente achar que o racismo não existe ou mesmo iginora-lo, isso faz com que o racismo contineu firme prejudicando as pessoas.
  3. Reconheça seus privilégios – se você passar por uma situação em que você foi rivilegiado por questões raciais, não deixe por isso mesmo, procure uma altoridade que possa resulver a injustiça, e jamais use a violência.
  4. Crie laços de solidariedade antirracista (indígenas, negros e amarelos) – sejá solidario com pessoas que possam ser prejudicadas pelo preconceito racial, não deixe que a pessoa enfrete um preconceito calada.
  5. Incentive as pessoas a serem antirracistas – melhor do que não ser racista é ser antirracista, assim a pessoa pode ajudar na luta contra o preconceito racial.

Pessoal o racismo é um preconceito muito besta e que pode sem dúvidas ser evitado,
PARA QUE JULGAR UMA PESSOA PELA SUA RAÇA?

Não poderia encerrar essa matéria sem antes falar do absurdo, da injustiça, que aconteceu com o George Floyd.

Além de terrivel, é prova de que infelizmente o racismo ainda existe e está presente no nosso dia a dia.

Espero que no decorrer da leitura dessa matéria você tenha entendido um pouco mais sobre o que é o racismo, que ele infelizmente existe e não é negando isso que vamos conseguir acabar com ele, e também que todos nós podemos fazer a nossa parte para que ele não continue aterrorisando pessoas, mesmo que com atitudes das mais simples possíveis, mas que com toda certeza farão a diferença.

Você que leu essa matéria, muito obrigado!

Mais informações exclusivas sobre essa e outras matérias você encontra na página oficial do Facebook – facebook.com/AlgoA+

Acompanhe também as minhas redes sociais!

Instagram: @gustavoguimaraes_oficial

Facebook: Gustavo Guimaraes

Sempre tem muitas novidades por lá e uma programação de lives exclusivas. Vale a pena dar uma conferida!

Espero vocês na terça-feira para mais uma matéria, se Deus quiser!

Use máscara!

Ótimo final de semana!

Um beijo a todos!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Gustavo Guimarães

Gustavo Guimarães

Apresentador, influencer, ator, colunista, modelo e cantor! Segue o insta @gustavoguimaraes_oficial

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.