Empresário cria rede social para interação entre pessoas negras

CEO da Favela Holding, Celso Athayde busca unir o movimento negro na internet

Está disponível nas lojas de aplicativo mobile o “Black e Black”. O primeiro app brasileiro para interação entre pessoas negras. O intuito é a criação de um espaço plural para debates, construção de conteúdo, divulgação de trabalhos e a valorização das pessoas negras.

Dentre as pessoas cadastradas no app estão personalidades como o rapper MV Bill, os atores Lázaro Ramos e Sergio Loroza, e o humorista Hélio de La Peña. A plataforma, porém, não abriga somente famosos. Com milhares de pessoas cadastradas o número de interações vem crescendo cada vez mais.

Em entrevista ao jornal eletrônico Meio&Mensagem, Celso diz que o objetivo principal é juntar as diversas manifestações culturais negras que acontecem ao redor do país. Manifestações artísticas, religiosas, e até mesmo tendências globais.

Fundador da Central Unica das Favelas (CUFA), Celso Athayde também é fundador da Favela Holdin, um conjunto de empresas que tem como objetivo central o desenvolvimento de favelas e de seus moradores.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.