Campanha de Vacinação Contra a Gripe para grupos prioritários termina nesta sexta-feira (5)

UBSs atendem de segunda a sexta-feira, das 11h30 às 16h30

As pessoas pertencentes do grupo prioritário da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe tem até esta sexta-feira, dia 5, para se imunizar. As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) atendem de segunda-feira a sexta-feira, das 11h30 às 16h30.

Adultos com idades de 55 a 59 anos e professores de escolas (públicas e privadas) são o público-alvo nesta etapa final. Porém, mesmo os grupos prioritários da primeira e segunda etapa da Campanha, que ainda não se imunizaram, podem tomar a dose da vacina.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os grupos prioritários, são: idosos com 60 anos ou mais de idade, trabalhadores da saúde, membros das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas ou condições clínicas especiais, pessoas com deficiência e crianças de 6 meses a menores de 6 anos.

Ainda fazem parte do público-alvo: caminhoneiros, profissionais de transporte coletivo (motoristas e cobradores) e portuários, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, gestantes e parturiente (mães de até 45 dias pós-parto).

A chefe do setor de Vigilância Epidemiológica, Juliana Yuri, orienta que as pessoas devem procurar as UBSs munidas com o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e um documento de identificação, preferencialmente a caderneta de vacinação.

“A escolha dos grupos prioritários segue as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). Então, é de extrema importância o comparecimento da população para se imunizar contra a influenza, um tipo de vírus que podem acarretar diversos danos à saúde das pessoas”, destacou.

Juliana ainda explicou que a vacina da gripe não protege contra o Coronavírus, porém é uma maneira de resguardar as pessoas mais vulneráveis às doenças respiratórias, que podem impactar o sistema imunológico e favorecer o aparecimento de outras infecções.

“A vacina é importante e a antecipação da Campanha neste ano ocorreu devido à pandemia do novo coronavírus. Com a população protegida da gripe, o diagnóstico do novo vírus fica mais preciso, já que os profissionais de saúde podem descartar a influenza do quadro clínico do paciente”, esclareceu.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.