Embrapa envia milhares de sementes para ‘bunker’ localizado na Noruega

Espécies de plantas brasileiras vão para maior banco genético do mundo, que foi planejado para resistir a catástrofes climáticas e explosões nucleares

Na última semana, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) mandou quase 3.500 sementes de diversas variedades tradicionais brasileiras para um banco mundial de sementes, que fica na Noruega.

Entre os produtos estão arroz, milho, cebola, pimentas e cucurbitáceas, que são melancia, pepino, abóboras. Em uma remessa anterior, o país também enviou sementes de feijão.

O banco de sementes fica na Ilha de Svalbard, construído dentro de uma montanha e é considerado o mais seguro do mundo, segundo a Embrapa.

Ele foi inaugurado há 12 anos e tem sementes de 200 países. O banco foi projetado para resistir a catástrofes ambientais e até nucleares e evitar a extinção das espécies que servem de alimentos.

A capacidade de armazenamento pode chegar até 4,5 milhões de espécies de plantas do mundo todo.

Fonte: G1

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.