Convenção coletiva garante ganho real aos comerciários

Amauri Mortágua assina o acordo com os representantes das empresas: comerciários terão ganho real

Reajuste é de 4,28% em um período em que a maioria dos trabalhadores não consegue sequer repor as perdas com a inflação

A Convenção Coletiva de Trabalho assinada entre o Sindicato dos Comerciários de Tupã e Região (Sincomerciários) e os representantes das empresas garantiu um reajuste de 4,28% aos trabalhadores do comércio, o que representa ganho real de 1% sobre a inflação, mesmo que o cenário econômico nacional não ofereça boas condições de negociação.

“Compreendemos as dificuldades por que passam as empresas, por isso tivemos muito cuidado ao conduzir este processo”, recordou o presidente do Sincomerciários, Amauri Mortágua.

“Mesmo em um período em que a maior parte dos trabalhadores brasileiros não tem nenhum reajuste, o Sincomerciários conseguiu negociar um acordo altamente positivo para os empregados no comércio”, destacou.

“O reajuste vigora desde 1º de setembro e incide sobre todas as verbas que compõem a remuneração do comerciário”, detalhou Mortágua. “Caso não tenha constado na folha de setembro, porque a Convenção foi assinada no final do mês, deverá ser incorporado a partir da folha de pagamento de outubro de 2019 e as diferenças relativas ao mês de setembro devem ser pagas, de uma só vez, na folha de pagamento de outubro”, acrescentou o líder sindical.

Para passar mais informações sobre a Convenção Coletiva de Trabalho, o Sindicato editou e está distribuindo um informativo que traz os principais pontos do acordo firmado junto aos representantes do comércio. A íntegra do documento pode ser encontrada também no site da entidade SINCOMERCIÁRIOS.

Trabalhador sindicalizado ganha mais e tem mais benefícios

Um estudo realizado pelo Ipea, órgão de pesquisa vinculado ao Ministério da Economia, mostra que os trabalhadores sindicalizados têm inúmeras vantagens em relação àqueles não filiados.

Segundo o levantamento, trabalhadores representados por sindicatos tem salário 33,5% maior que quem não tem representação.

Amauri comenta retirada do trabalho aos domingos e feriados da MP 881

“Consideramos a retirada da legislação que tratava do trabalho aos domingos e feriados da MP 881 no Senado Federal, e a retirada de outras matérias, na Câmara Federal, uma importante vitória que, além da sensibilidade dos parlamentares, foi construída com pressão e unidade dos trabalhadores.
Na construção destas conquistas estão manifestações como o recente encontro da UGT-SP (dia 9 de agosto) em Jaú, específico sobre os impactos da MP 881.
Dele, saímos com a aprovação unânime em torno da luta e empenho total pela retirada de todas as propostas constantes na MP que ferissem e desregulamentassem direitos dos trabalhadores.
Conseguimos!
Parabéns a todos!”

Amauri Mortágua é presidente do Sincomerciários e da UGT-SP

Boletim Comerciário

clique para acessar a última edição do Boletim Comerciário completo

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.