Trabalho e dedicação da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Tupã possibilita uma grande doação

Ajudar na ampliação do Centro de Oncologia da Santa Casa era uma das metas do ano para as Senhoras da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Tupã.

Há mais ou menos um ano atrás em reunião com os Senhores da Santa Casa elas assumiram um compromisso de ajudar na reforma.

E sexta-feira (30) a Rede Feminina concretizou esse sonho, repassar R$70 mil reais para a Santa Casa.

Foram R$30 mil reais, depois serão mais duas parcelas de R$20 mil.

A Rede de Combate ao Câncer tem uma ajuda enorme da população e efetivamente ela utiliza todas essa doações, todo esse apoio em prol da própria população, principalmente daqueles que mais precisam.

Este ano, através dos colaboradores a Rede Feminina conseguiu adquirir tudo o que o Centro de Oncologia precisou.

Atualmente 16 municípios da região usufruem das instalações da Oncologia da Santa Casa de Tupã.

Dinah Modelli, presidente da Rede discursou para os presentes: “Boa tarde a todos! Hoje nós estamos aqui com as Senhoras da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Tupã na Santa Casa. Com as minhas meninas do telemarketing e muito felizes porque estamos cumprindo a nossa promessa”.

A presidente agradeceu muito a população e seu papel fundamental nessa ação, e elogiou muito as mãos de ouro das meninas do telemarketing: “três pedras preciosas”, segundo ela.

Agradeceu a população pelas doações de roupas, sapatos, pratos, para o brechó e a população que compra os produtos.

Lembrou que qualquer coisa que a população não usar mais e estiver em bom estado a Rede Feminina vai buscar, existem voluntárias que vão lavar, passar, cuidar para transformar sua doação em “moedinhas de ouro”.

Fez questão de agradecer também o trabalho do telemarketing, que é diário, sempre convidando, lembrando a população a realizar sua doação com muita eficiência.

As doações sustentaram essa doação expressiva para a Santa Casa.

Dinah Modelli ainda fez questão de dizer que o auxílio de “Apenas 1.500” que a Prefeitura repassa para a Rede seria muito pouco, pelo trabalho realizado pela Rede para a população e ressaltou que merecem bem mais.

“A gente pede, não consegue. Vamos pescar”, finalizou.

E assim com trabalho de voluntárias elas seguem realizando o melhor trabalho possível.

O acolhimento da Rede Feminina de Combate ao Câncer é aberto para toda a população e quando o diagnóstico é feito em Tupã elas conseguem contatar as pessoas, mas caso o atendimento seja em outra cidade elas não recebem nenhuma informação.

Através de trabalhos juntos a comunidade, igrejas , trabalho elas procuram descobrir as famílias que precisam de apoio.

Por exemplo, não existe Oncopediatria em Tupã, então obrigatoriamente a criança vai para fora e a Rede não tem como encontrar e dar auxílio para essas crianças.

No ano passado, no dia das crianças a Rede Feminina fez uma festa no Grande Hotel Tamoios para 10 crianças e suas famílias e presenteou cada uma delas com o presente que ela pediu.

É um trabalho muito gratificante, mas existem muito mais crianças que precisam desse auxílio e não são encontradas.

Quem precisar de apoio pode procurar a Dona Josefa, secretaria da Rede Feminina no próprio centro de Oncologia da Santa Casa.

Tupã atende uma grande população e a demanda cada vez maior pelos serviços de oncologia deixou o espaço pequeno.

O coordenador do Centro de Oncologia da Santa Casa de Tupã, doutor Nelson Motta observou que poucos Hospitais da região estão em obras e crescendo. E que essas obras são para oferecer mais conforto para a população.

Ele agradeceu todo o apoio da população, do Poder Judiciário e o apoio da Rede Feminina com esta grande doação.

O arquiteto Hosmany Rosa Vieira informou que essa é a terceira fase da ampliação do Centro de Oncologia, que veio para a Santa Casa após encerrar o atendimento no Hospital São Francisco.

Uma ampliação de 80 metros quadrados, arrimo, fundação, levantar paredes, sala de recepção, copa e dois sanitários adaptados, vai levar de 90 a 120 dias para finalizar as reformas.

Foi orçado em R$150 mil reais aproximadamente o gasto total da obra, que contou com ajuda de outros colaboradores também: Rede feminina, Fórum de Tupã, Fórum de Adamantina.

A Santa Casa já quase completou o valor necessário.

Destaque que mesmo com a reforma a Oncologia continua funcionando, foi feito um acesso lateral e rampa onde o usuário entra e tem acesso a todos os atendimentos.

Existe o transtorno natural da obra, mas o atendimento segue sendo feito.

Essa reforma vai trazer conforto também para quem vem acompanhar o paciente, um lugar para acolher quem vem ajudar.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.