Prefeitura e Unesp planejam ações para Museu Ferroviário da Alta Paulista

Projeto prevê criação de Centro Museológico e Cultural na antiga Estação da FEPASA

Para planejar as ações de implantação do Museu Ferroviário da Alta Paulista, a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes se reuniu na última sexta-feira (25/2) com representantes da Faculdade de Ciências e Engenharia / UNESP – Campus de Tupã. O espaço museológico será criado na antiga Estação da FEPASA, sob a co-gestão local do professor da Unesp, dr. Nelson Russo de Moraes; e do Diretor de Gabinete da Cultura, André Prado.

Segundo dr. Nelson, a instituição de ensino parceira investirá aproximadamente R$200 mil no projeto, contando com a disponibilização de docentes e técnicos; bolsistas de ensino médio, mestrado e doutorado. Além de recursos do Programa UNESP Presente, para a estruturação dos ambientes internos, organização de acervos e sinalizações específicas.

“Desde 2017, a FCE/UNESP Tupã vem desenvolvendo pesquisas pontuais sobre a ferrovia em Tupã e suas potencialidades na região da Alta Paulista. Em 2019, o grupo de pesquisa GEDGS (Grupo de Estudos em Democracia e Gestão Social) iniciou estudos mais aprofundados sobre a memória ferroviária, culminando na proposição do Espaço Museológico ‘Museu Ferroviário da Alta Paulista’”.

A Prefeitura de Tupã deferiu um decreto municipal (nº 9.217) para cessão de uso de um espaço do Museu da Estação Ferroviária, que atualmente abriga o Museu dos Tropeiros e o Museu da Fotografia.

O secretário de Educação, Cultura e Esportes, professor Valdir Berti, destaca haver ainda outras propostas de ampliação do espaço museológico do município, tornando-o um Centro Museológico e Cultural. “Temos como objetivo criar o ‘Museu da Comunicação e da Fotografia’, transformar o Auditório da FEPASA e fomentar no local espaços sociais externos, junto às antigas plataformas de embarque”.

O subsídio e a efetivação das iniciativas serão graduais e demandam organização, disponibilização de servidores, e adequação da estrutura física. O prefeito Caio Aoqui destacou a importância das políticas públicas para resgate da memória histórica e preservação de acervos.

“Agradeço a parceria com os professores e coordenadores do projeto, dr. Nelson Russo de Moraes, dra. Cristiane Hengler Corrêa Bernardo, e dra. Angélica Góis Morales. Assim como do prof. dr. Pedro Fernando Cataneo, Diretor da Faculdade de Ciências e Engenharia – FCE/UNESP Tupã, responsáveis por projetos de pesquisa e extensão universitária voltados à história das ferrovias da Alta Paulista, fundamentais para a sociedade e no âmbito da educação”.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.