Flagrante: Golpistas da Grande SP são presos em Bastos

A prisão foi realizada no início da manhã desta quinta-feira dia (12) em dois hotéis da cidade onde os golpistas estavam hospedados

O trabalho em conjunto da Polícia Civil de Bastos e da DIG de Tupã resultou na prisão de indivíduos vindos da grande São Paulo. Dois homens estavam praticando golpes do cartão nas cidades da região e foram presos em flagrante nesta quinta-feira (12), vítimas de Lucélia e Lins já foram identificadas.

No hotel em que foi preso S.J.S. foram apreendidas quatro máquinas de cartão, a quantia de R$ 6.360,00 (Seis mil, trezentos e sessenta Reais) em dinheiro, cartões bancários em nomes das vítimas, uma Carteira Nacional de Habilitação falsificada, um relógio Apple Watch, um automóvel marca Mitsubishi, modelo Lancer, três capacetes e dois comprovantes de saques nas contas das vítimas, ambos efetivados nesta manhã, em agência bancária na cidade de Bastos.

No hotel em que foi preso R.H.F. foram apreendidas duas porções de maconha, duas máquinas de cartão, a quantia de R$ 500,00 (Quinhentos Reais) em dinheiro, uma Carteira Nacional de Habilitação falsificada e comprovantes de transações em nomes das vítimas, um capacete e uma motocicleta marca Honda, modelo CG 160 Fan, cor preta.

Também foi apreendida a motocicleta marca Yamaha, modelo Fazer 250, cor preta, que estava estacionada nas proximidades no recinto de exposições local e também estava sendo utilizada pelo grupo criminoso.

Os indiciados assumiram que estavam praticando golpes com as referidas máquinas nas cidades da região, onde passando-se por funcionários de instituições financeiras, mantinham contato com correntistas e de posse de seus dados e cartões efetivavam as transações fraudulentas, apropriando-se dos respectivos numerários.

Eles já registravam antecedentes criminais por roubo e receptação.

Participaram das diligências os Delegados de Polícia Dra Milena Davoli e Dr Sandro Resina e os Policiais Civis Márcio, Marshal, Thiago, Alberto, Nilton, Nei, Galego e Maran.

Dr. Sandro Resina Simões ressaltou a importância da prisão: “Fruto do trabalho de inteligência e investigação dos Policiais Civis, que num trabalho conjunto além de ter recuperado expressiva quantia em dinheiro, impediu que outras pessoas caíssem no golpe, sendo que as diligências terão prosseguimento visando a identificação de mais vítimas”.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.