Paris e seus principais pontos turísticos

Conhecida como a Cidade Luz, Paris enche os olhos dos seus visitantes pela beleza e cultura. Além da Torre Eiffel, um dos pontos turísticos mais famosos do mundo, a cidade também reserva muita arte aos turistas, pois é lá que eles vão encontrar o quadro da Mona Lisa, obra mais notável do artista italiano Leonardo da Vinci.

Por ser um destino com muitos pontos turísticos, seria interessante os viajantes reservarem de 4 a 5 dias para conhecerem boa parte das atrações, sem correria. Uma dica é andar a pé, pois é possível conhecer o maior número de lugares apreciando as ruas charmosas da cidade. Porém, se isso for um problema para você, poderá utilizar o transporte público. As linhas do metrô atingem praticamente toda a cidade. Então, é só comprar o ticket e se deslocar tranquilamente.

Para ficar mais fácil, pode-se dividir o roteiro por regiões. Seria melhor iniciar pelos pontos mais famosos, porque, caso não dê tempo de ir a todos os lugares, já garantiu os mais cobiçados pelos turistas.

Segue uma sugestão de roteiro abaixo:

1º Dia

Arco do Triunfo: Foi construído em comemoração às vitórias militares do Napoleão Bonaparte. Fica próximo à Avenida Champs-Élysées.

Avenida Champs-Élysées: Avenida luxuosa e mais importante da cidade, onde estão localizadas as lojas de grifes.

Torre Eiffel: O cartão postal de Paris! O show de luzes durante a noite é lindo. É possível subir até o topo dela e avistar toda a cidade. O passeio de elevador para o segundo andar: € 11, elevador para o topo € 17, escadas para o segundo andar: € 7

Museu das Armas (Musée de l’Armée): O museu foi aberto em 1905 e é um ponto para aqueles que se interessam por assuntos de guerra. O local tem um acervo relacionado a algumas batalhas e à Segunda Guerra Mundial. Entrada € 11.

  • Estação de metrô próxima para iniciar o passeio – George V (1 amarela)

2º Dia

Praça da Concórdia: É a maior praça da Capital francesa, uma das mais famosas e palco de importantes acontecimentos da história da França.

Jardins das Tulherias: Localizado entre a Praça da Concórdia e o Museu do Louvre, o lugar é do século XVI, repleto de fontes, esculturas e muito verde.

Museu do Louvre: Aqui os turistas encontram mais de 30 mil preciosidades entre pinturas, esculturas, gravuras e objetos diversos, reunidas em um só lugar. Reserve uma manhã ou tarde somente para o local, onde estão expostas a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci (ala Denon), e outros quadros importantes como A balsa da Medusa, de Géricault, além de esculturas como a Venus de Milo (ala Sully) e Os Escravos, de Michelangelo (ala Denon). Adquira os ingressos com antecedência para evitar ficar em filas. Custa em torno de € 18.

  • Estação de metrô próxima para iniciar o passeio – Concorde (1 amarela, 8 lilás e 12 verde)

3º Dia

Le Marais: Um bairro parisiense cheio de personalidade. Nele os turistas encontram ruas de compras, já que a região é famosa por reunir grandes marcas, lojas de produtos artesanais, vintage, antiguidades e também galerias de arte.

Catedral de Notre-Dame: Foi erguida no século XII e levou cerca de 200 anos para ser finalizada. Foi palco de acontecimentos como a coroação do imperador Napoleão (por ele próprio).

Pantheon: É um monumento em estilo neoclássico.

Jardim de Luxemburgo: É um grande parque público da cidade de Paris que, atualmente, pertence ao Senado da França.

  • Estação de metrô próxima para iniciar o passeio – Estación de Saint-Paul (1 amarela) ou Hôtel de Ville (1 amarela e 11 marrom)

4º Dia

Ópera Garnier: Foi construída a mando de Napoleão III. Foi inaugurado em janeiro de 1875 e é repleto de luxo e muita história. Legal para ser visitada durante o dia. Não entrei.

Galeries Lafayette: É uma grande loja de departamentos. Compensa a visita pela bela arquitetura do local.

Basílica de Sacré Cœur: Situada no bairro Montmartre, a basílica impressiona por estar em uma área muito privilegiada, onde se tem uma das vistas mais belas da Cidade Luz. Ela é toda em estilo romano-bizantino. Por estar em um local alto, pode cansar um pouquinho. Entrada gratuita.

Moulin Rouge: É o famoso cabaré, aberto em 1889, é um dos grandes símbolos da boemia na capital francesa. Os espetáculos mostram as belas dançarinas de Cancan. O visitante pode adquirir o ingresso apenas para o show ou para o show e o jantar pelo site do cabaré. Caso não vá entrar, seria interessante passar por ali no período da noite.

Montmartre: Trata-se de um bairro boêmio da cidade com comércio e bares.

  • Estação de metrô próxima para iniciar o passeio – Ópera (3 verde, 7 rosa e 8 lilás)

5º Dia

Palácio de Versalhes: Para o Palácio seria interessante reservar um dia todo, pois é fora da cidade.

  • Atente-se ao ticket do trem.

Dica

Aqueles que têm pouco tempo na cidade, podem tentar unir dois dias em um, como por exemplo o 1º com o 2º dia. É mais corrido, mas pode ser que dê para fazer, cada pessoa tem um ritmo de passeio.

NÃO CAIA NESSA

  • Todos os pontos turísticos têm filas. Portanto, chegue antes e prepare-se para esperar. A Torre Eiffel tem até mais de 2 horas de espera. Por isso, não deixe para visita-la muito tarde.
  • Os tickets de trem para Versalles é diferente do metrô. Informe-se para comprar o correto e não tomar multas (como eu).
  • Muito cuidado dentro do Museu do Louvre. Acontece roubos com frequência, principalmente na sala da Mona Lisa.
  • Fim de ano chove bastante, então, tenha sempre um guarda-chuva ou capa em mãos.
  • A torre não é tão perto quanto parece.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Verena Raymundo

Verena Raymundo

Jornalista de formação e viajante por paixão. Para você que gosta de conhecer novas culturas e lugares diferentes, essa é a coluna certa. Vou compartilhar dicas de destinos que possam agregar diversão e conhecimento. Vamos embarcar nesta viagem? Vem comigo!

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.